15 de julho de 2013

O Apocalipse Ilustrado

Fonte: http://guilherme.scriptmania.com/apocalipse/

1. Mapa do mundo antigo, com a localização das sete igrejas


Apocalipse 1:4

As 7 Igrejas que estão na Ásia

1. Éfeso 
2. Esmirna 
3. Pérgamo 
4. Tiatira 
5. Sardes 
6. Filadélfia 
7. Laodicéia 

2. O apóstolo João exilado na ilha de Patmos

Apocalipse 1:9

“Eu, João, que também sou vosso irmão, e companheiro na aflição, e no reino, e paciência de Jesus Cristo, estava na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de Deus, e pelo testemunho de Jesus Cristo.” 

3. Uma voz o chama; ele vira-se para ver quem fala

Apocalipse 1:10,11

“Eu fui arrebatado no Espírito no dia do Senhor, e ouvi detrás de mim uma grande voz, como de trombeta, que dizia: 
‘ Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o derradeiro; e o que vês, escreve-o num livro, e envia-o às sete igrejas que estão na Ásia: a Éfeso, e a Esmirna, e a Pérgamo, e a Tiatira, e a Sardes, e a Filadélfia, e a Laodicéia.’ ”

4. A visão de Jesus glorificado 

Apocalipse 1:11-20, Hebreus 4:12

Semelhante ao Filho do Homem (Jesus), de roupa comprida, cinto de ouro, cabelos brancos, olhos como chamas de fogo, pés como latão reluzente, entre 7 castiçais de ouro (as 7 igrejas na Ásia), com 7 estrelas na mão direita (7 anjos ou líderes das 7 igrejas), uma espada de dois gumes (Palavra de Deus) na boca, rosto como o Sol. 

5. A visão de uma porta no céu


Apocalipse 4:1

“DEPOIS destas coisas, olhei, e eis que estava uma porta aberta no céu; e a primeira voz (Jesus) que, como de trombeta, ouvira falar comigo, disse: Sobe aqui, e mostrar-te-ei as coisas que depois destas devem acontecer”


6. Visão do trono de Deus, dos quatro seres viventes e dos anciãos

Apocalipse 4:1-11

- O que estava assentado (Deus) era semelhante à pedra jaspe sardônica. 
- O arco celeste ao redor do trono era semelhante à esmeralda. 
- Os 24 anciãos estavam com vestes brancas e coroas de ouro, assentados sobre tronos. 
- Do trono saíam relâmpagos, e trovões, e vozes; e diante do trono ardiam 7 lâmpadas de fogo, as quais são os sete espíritos de Deus. 
- Diante do trono havia algo como que um mar de vidro, semelhante ao cristal. 
- No meio do trono, e ao redor do trono, quatro animais cheios de olhos, por diante e por detrás. 
1º animal : semelhante a um leão; 
2º animal : semelhante a um bezerro; 
3º animal : rosto como o de um homem; 
4º animal : semelhante a uma águia voando. 
- Os 4 animais tinham, cada um, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: “Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir”. 

7. Os anciãos prostram-se e apresentam suas coroas diante do trono

Apocalipse 4:10,11

Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: 
“Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas’”

24 anciãos = 12 anciãos + 12 anciãos

Poderiam ser: 
- Os 12 apóstolos e as 12 tribos de Israel? 
- Os salvos do Antigo e os do Novo Testamento? 
- Os participantes do arrebatamento (de Israel e dos outros povos)? 
- Os participantes do arrebatamento (mortos ressuscitados e vivos transformados)? 
- Outra alternativa?  .................................................................... 


8. O anjo pergunta: Quem é digno de abrir o livro?

Apocalipse 5:2-4

“E vi um anjo forte, bradando com grande voz:
‘Quem é digno de abrir o livro e de desatar os seus selos’?
E ninguém no céu, nem na terra, nem debaixo da terra, podia abrir o livro, nem olhar para ele. E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele.”


9. O Cordeiro de Deus, o Leão da Tribo de Judá, é digno de abrir o livro


Apocalipse 5:5-10



“E disse-me um dos anciãos: ‘Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos. 

E olhei, e eis que estava no meio do trono e dos quatro animais viventes e entre os anciãos um Cordeiro, como havendo sido morto, e tinha sete chifres e sete olhos, que são os sete espíritos de Deus enviados a toda a terra. 

E veio, e tomou o livro da destra do que estava assentado no trono (Deus). 

E, havendo tomado o livro, os quatro animais e os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do Cordeiro, tendo todos eles harpas e salvas de ouro cheias de incenso, que são as orações dos santos. E cantavam um novo cântico, dizendo: 

 “Digno és de tomar o livro, e de abrir os seus selos; porque foste morto, e com o teu sangue compraste para Deus homens de toda a tribo, e língua, e povo, e nação; E para o nosso Deus os fizeste reis e sacerdotes; e eles reinarão sobre a terra.

10.  Os quatro cavaleiros do Apocalipse 

Apocalipse 6:1-8

(Os 4 Primeiros Selos) 
A cada selo que o Cordeiro abria (os 4 primeiros), um dos quatro animais dizia: “Vem e vê”.

1º cavalo: branco. 
Seu cavaleiro tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.

2º cavalo: vermelho. 
Ao seu cavaleiro foi dado que tirasse a paz da terra, e que se matassem uns aos outros; e foi-lhe dada uma grande espada.

3º cavalo: preto 
Seu cavaleiro tinha uma balança na mão. Uma voz no meio dos quatro animais dizia: “Uma medida de trigo por um dinheiro, e três medidas de cevada por um dinheiro; e não danifiques o azeite e o vinho.”

4º cavalo: amarelo 
Seu cavaleiro tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra. 


11.  As almas dos mártires debaixo do altar

Apocalipse 6:9-11

(O Quinto Selo)

E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

E clamavam com grande voz, dizendo:

“Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?”


E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que haviam de ser mortos como eles foram.


12.  Grandes sinais nos céus 

Apocalipse 6:12-17

(O Sexto Selo)

- Grande tremor de terra. 
- O Sol tornou-se negro como saco de silício. 
- A Lua tornou-se como sangue. 
- As estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte. 
- O céu retirou-se como um livro que se enrola. 
- Todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares. 
- Os reis da terra, e os grandes, e os ricos, e os tribunos, e os poderosos, e todo o servo, e todo o livre, se esconderam nas cavernas e nas rochas das montanhas; e diziam aos montes e aos rochedos: 
“Caí sobre nós, e escondei-nos do rosto daquele que está assentado sobre o trono, e da ira do Cordeiro; é vindo o grande dia da sua ira; e quem poderá subsistir?” 


13. 144.000 israelitas são selados com o selo do Deus Vivo

Apocalipse 7:1-8


Anjos de Deus assinalarão as testas de 144 mil servos de Deus, dentre o povo de Israel.


14. A grande multidão de salvos durante a Tribulação 

Apocalipse 7:9-17

Estes são os que vieram da grande tribulação, e lavaram as suas vestes e as branquearam no sangue do Cordeiro.

Por isso estão diante do trono de Deus, e o servem de dia e de noite no seu templo; e aquele que está assentado sobre o trono os cobrirá com a sua sombra.

Nunca mais terão fome, nunca mais terão sede; nem sol nem calma alguma cairá sobre eles. 

Porque o Cordeiro que está no meio do trono os apascentará, e lhes servirá de guia para as fontes das águas da vida; e Deus limpará de seus olhos toda a lágrima.


15. Os sete anjos preparados para tocar as trombetas.


Apocalipse 8:1-12

(O Sétimo Selo) 

Havendo aberto o sétimo selo, fez-se silêncio no céu quase por meia hora. Os 7 anjos, que estavam diante de Deus, receberam 7 trombetas, e prepararam-se para tocá-las: 

1ª trombeta: Houve saraiva e fogo misturado com sangue, e foram lançados na terra, que foi queimada na sua terça parte; queimou-se a terça parte das árvores, e toda a erva verde foi queimada. 

2ª trombeta: Foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar. E morreu a terça parte das criaturas que tinham vida no mar; e perdeu-se a terça parte das naus. 

3ª trombeta:Caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas. E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas. 
4ª trombeta: Foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite. 

16. Abadom comanda as legiões do abismo para atormentar os homens

Apocalipse 9:1-21

(Os 3 “Ais”) 

5ª trombeta: Uma estrela cai do céu. Abre o poço do abismo. Sobe uma fumaça que escurece o sol e o ar. Gafanhotos com cauda (tipo escorpião), guiados pelo anjo do abismo (Abadom), atormentam por 5 meses os homens que não tem na testa o sinal de Deus. Os homens buscarão a morte, mas a morte fugirá deles. 

6ª trombeta: Os 4 anjos que estão presos junto ao grande rio Eufrates serão soltos para matarem 1/3 dos homens. O número dos exércitos dos cavaleiros era de duzentos milhões. Foi morta a terça parte dos homens, isto é pelo fogo, pela fumaça, e pelo enxofre, que saíam das bocas dos “cavalos” dos cavaleiros dos exércitos. 
Mas os sobreviventes não se arrependeram dos seus homicídios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos, e nem das suas adorações aos ídolos (que nem podem ver, nem ouvir, nem falar).


17. O anjo e o livrinho

Apocalipse 10:1-7

(A Difusão das Profecias do Apocalipse Pelo Mundo) 

Um anjo forte desceu do céu. Vestido de uma nuvem, com um arco celeste por cima de sua cabeça, seu rosto era como o Sol, e os seus pés como colunas de fogo. Na sua mão, um livrinho aberto. 

O anjo colocou o seu pé direito sobre o mar, o esquerdo sobre a terra, levantou sua mão ao céu, e jurou que não haveria mais demora: nos dias da voz do sétimo anjo, quando tocar a sua trombeta, se cumprirá o segredo de Deus, como anunciou aos profetas, seus servos. 

João come o livrinho dado pelo anjo. Na sua boca, era doce como mel; mas o seu ventre ficou amargo. 

O anjo disse-lhe: “Importa que profetizes outra vez a muitos povos, e nações, e línguas e reis.”



17. As duas testemunhas mártires


























CONTINUA ...


Nenhum comentário:

Postar um comentário